sexta-feira, 10 de junho de 2016

10/06

A vida em sua rara e pura essência,
Transforma o quanto temos em bem mais
O vento noutro instante em desiguais
Caminhos apresenta esta afluência

E gera com certeza esta ingerência
Que possa nos trazer o que expressais
Ousando acreditar e sem jamais
Perder o quanto tenha em consciência.

A luta se apresenta e não fujamos
Enquanto desta sorte tantos ramos
Permitam estratégias mais diversas,

Somando nossas forças não tememos
Os dias em seus erros vãos e extremos
Na sorte pela qual além tu versas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário